edital imagem ipelab volante.jpg

Lançamento de edital: IPElab Volante - 1ª Edição

CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2021 - APOIO À CRIAÇÃO E EXECUÇÃO DE PROJETOS DE MODELAGEM E PROTOTIPAGEM INOVADORES DOS ALUNOS DA REDE DE ENSINO ESTADUAL DE GOIÁS.

A Universidade Federal de Goiás – UFG, por meio da Rede IPElab, com apoio da Secretaria de Estado da Educação de Goiás - SEDUC, torna público o presente documento para realização do “IPELab Volante - 1ª Edição”, um projeto de estímulo à criatividade, inovação e empreendedorismo nas escolas estaduais do estado de Goiás. Confira abaixo o documento na íntegra:

 

19/11/2021 - EDITAL 03/2021 - IPELAB VOLANTE

22/11/2021 - 1º IPELAB VOLANTE: Formulário de Inscrição/Carta de Motivação

03/12/2021 - Retificação 01: EDITAL 03/2021 - IPELAB VOLANTE 

17/12/2021 - Lista preliminar das equipes selecionadas para o projeto

21/12/2021 - Lista final das equipes selecionadas para o projeto

O projeto “IPELab Volante - 1ª Edição” tem como objetivo implementar um programa voltado para o estímulo dos conceitos de empreendedorismo e inovação no ambiente das escolas públicas estaduais do estado de Goiás. Deste modo, pretende-se colocar os estudantes em contato com as novas possibilidades de criação, prototipagem e fabricação estimulando a criatividade entre todos os participantes.

É uma iniciativa a ser desenvolvida pela Universidade Federal de Goiás (UFG), por intermédio da Rede IPElab, em conjunto com a Secretaria de Estado de Educação do Estado de Goiás (SEDUC GOIÁS). O IPElab Volante promoverá a realização de oficinas e demonstrações práticas de processos inovadores de criação e produção de peças e protótipos, que estão associados a iniciativas de empreendedorismo inovador.

O objetivo do IPELab Volante é garantir os meios necessários para ampliar o alcance das ações desenvolvidas pela Rede IPElab com estudantes, professores, inventores independentes e empreendedores de outras cidades do interior do Estado de Goiás. Por este motivo, o programa busca estimular o pensamento inovador e empreendedor aproximando a universidade das escolas estaduais e os indivíduos com vivência em ambientes universitários podem influenciar positivamente, instigando professores e alunos a desbravarem outros níveis do conhecimento.